CONTATO

Localização

Alameda São Boaventura, 540 - Niterói - RJ

Telefone: (21) 3005-7627 - WhatsApp (21) 96822-6006

atendimento@psiquismo.com.br

Horários:

Segunda à Sexta-feira: 09:00 - 19:00

Sábado: Sob agendamento

 

Fale com a gente!
Inscreva-se na Newsletter
Receba conteúdo, informações sobre cursos e cupons de desconto!

TERAPIA FLORAL

Terapia que utiliza como meio terapêutico as essências florais, (preparados naturais) que atuam no campo de consciência, para o resgate da integridade e despertar da consciência do indivíduo.

PRÁTICAS NATURAIS

São crescentes os problemas relacionados ao campo de atenção à saúde, o que em parte se justifica pelo paradigma reducionista em que o modelo biomédico se enquadra. Isto leva a um aumento significativo da demanda dos modelos complementares de se fazer saúde. Segundo Capra (1982 p. 45) a crença na divisão cartesiana do corpo e mente como entidades separadas, foram os alicerces do denominado modelo biomédico. O Modelo que encara o processo terapêutico como uma batalha entre a doença e o organismo vulnerável e uma desatenção com os aspectos psicossociais do adoecimento, o que não contempla todas as necessidades dos doentes. Edward Bach (2012, p.61), médico inglês que criou os Florais de Bach, diz que o fracasso da ciência médica moderna é que ela lida com os resultados e não com as causas. As Práticas Naturais apresentam-se como terapêuticas integrais que atuam na prevenção e promoção de saúde, o que repercute na qualidade de vida.

TERAPIA FLORAL

Dentre as terapêuticas naturais, a Terapia Floral emerge devido ao seu enfoque holístico de tratamento, tendo como premissa básica o foco no individuo visando a integridade na assistência à saúde e mostra-se como ferramenta de grande valia no modelo de saúde, pautado no Paradigma Holístico.

As essências florais não atuam via corpo físico e sim no campo de consciência, nos aspectos mentais-emocionais, causas primárias de muitos distúrbios conhecidos como psicossomáticos, os torna eficazes preventivos e promotores de saúde. Seria necessário lembrar que a verdadeira cura não consiste apenas em remover o sofrimento, mas também em ajudar o indivíduo a compreender o significado da doença. Isso nos leva ao ponto no qual as essências Florais podem ser usadas como um meio para o autodesenvolvimento. (BARNARD, 1979, p. 33) 

Florais de Bach – Edward Bach

Florais de Bach foi o primeiro sistema floral criado, por Edward Bach, que através de sua percepção e pesquisa observou que as flores tinham poderes curativos. Bach com formação médica em Imunologia, Bacteriologia e Saúde Pública, através de sua habilidade e determinação, entre os anos de 1930 e 1935, criou um sistema com 38 Essências Florais e uma Fórmula Emergencial (SOS) passando a indica-las em seus atendimentos. Dentre os escritos deixados por Edward Bach destaca-se “Os Remédios Florais do Dr. Bach incluindo o "Cura-te a Ti Mesmo" que se trata de uma obra que busca explicar a causa real e a cura das doenças. É um guia para aquele que sofre e procura em seu interior as causas emocionais e mentais que são a origem de seu sofrimento. Edward Bach relata nesta obra que a doença é um erro produzido no corpo, resultado do conflito entre a alma (Eu) e a mente (personalidade) e a cura verdadeira se deve ao fato de se ter atacado o fundamento real do sofrimento.

Base Filosófica dos Florais de Bach

Deste trabalho, resultou os fundamentos do que hoje denominamos “Terapia Floral”, um novo sistema terapêutico, que se baseia no tratamento da personalidade do paciente e não da doença, fundamentando-se nos doze tipos de personalidade básicos dos indivíduos. Dentre as bases filosóficas podemos destacar a Homeopatia. Bach identificou na obra de Hahnemann muitas de suas ideias. Como ele, Hahnemann também se guiava mais pelos sinais mentais do que os físicos para descobrir qual o remédio mais adequado para cada paciente e já falava que a verdadeira cura estava em tratar o doente e não a doença.

Anvisa

Pesquisas científicas comprovam que o estado mental e emocional de um indivíduo exerce influências positivas ou negativas sobre diferentes doenças, desde uma simples gripe até estados patológicos mais graves. A terapia floral faz parte de um campo de crescente visibilidade que engloba tratamentos e modalidades terapêuticas, indicadas para todas as faixas etárias. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), essas substâncias não são classificadas como medicamentos, drogas ou insumos farmacêuticos, sendo consideradas naturais.

OMS

Atualmente esta modalidade de tratamento encontra-se difundida em todo o mundo e recebe o aval da Organização Mundial de Saúde (OMS-1983) que assim se pronuncia: “Cada remédio trata uma determinada pessoa e uma condição particular[...]sendo totalmente sem efeitos colaterais[...] (H.A.W. Forbes, Selected Individual Therapies; em Bannerman et al., Tradicional Medicine and Health Care Coverage,World Health Organization - WHO, 1983).

SUS

O Ministério da Saúde anunciou, em 12/03/2018, a inclusão de dez novas Práticas Integrativas e Complementares (PICS) para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). A Terapia Floral é uma delas. Os tratamentos utilizam recursos terapêuticos, baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para curar e prevenir doenças. A informação foi divulgada durante a abertura do 1º Congresso Internacional de Práticas Integrativas e Saúde Pública (INTERCONGREPICS), realizada no Rio de Janeiro, no Riocentro.

Please reload