top of page
  • Foto do escritorEspaço Psiquismo

Explorando o potencial do Mindfulness na minha prática psicoterapêutica - Popularidade e escassez de conhecimento

O mindfulness, também conhecido como "atenção plena", está ganhando popularidade na comunidade psicoterapêutica e entre clientes em busca de alívio para o sofrimento. No entanto, ainda existe uma escassez de conhecimentos sobre sua integração à psicoterapia, especialmente no Brasil.


Definição e Benefícios

Segundo a definição da American Psychological Association (APA), o mindfulness envolve a consciência dos estados internos e externos de uma pessoa, com foco na respiração, pensamentos e sensações. Os benefícios das práticas de mindfulness para a saúde mental podem complementar, mas não substituir, o tratamento psicoterapêutico e farmacológico, promovendo saúde e bem-estar.


Inclusão no Contexto Brasileiro

A inclusão do mindfulness na área da saúde no Brasil é relativamente recente, impulsionada pela implementação da Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares (PNPIC) em 2006, alinhada com as diretrizes da Estratégia de Medicina Tradicional e Complementar da Organização Mundial de Saúde (OMS) em 2013. A inclusão da meditação no rol da PNPIC em 2017 abriu caminho para a integração do mindfulness como uma abordagem terapêutica.


Benefícios Comprovados em Estudos Científicos

Estudos científicos, incluindo aqueles disponíveis em bancos de dados como Scielo, têm demonstrado os benefícios do mindfulness na promoção do bem-estar psicológico. Por exemplo, pesquisas indicam que a prática regular de mindfulness pode resultar em uma significativa redução nos sintomas de ansiedade, depressão e estresse. Além disso, tem sido associada a uma melhoria na qualidade do sono, ao aumento da resiliência emocional e a uma maior capacidade de enfrentar os desafios da vida. Diversos estudos também têm confirmado consistentemente os efeitos positivos do mindfulness na saúde mental.


Contribuição da Especialização

Minha especialização em psicologia positiva, neurociência e mindfulness trouxe novas práticas de intervenções específicas para promover o bem-estar dos meus clientes. Por meio da psicologia positiva, tenho auxiliado meus clientes a desenvolverem uma mentalidade voltada para o crescimento, cultivando gratidão e resiliência diante dos desafios da vida. A compreensão dos princípios da neurociência me permite explicar de forma mais clara e convincente os processos mentais envolvidos nas práticas que propomos, o que contribui para uma maior adesão e compreensão por parte dos clientes. Além disso, o mindfulness tem sido uma ferramenta fundamental na minha prática, auxiliando meus clientes a desenvolverem uma maior consciência de seus pensamentos, emoções e sensações físicas no momento presente, o que contribui para uma maior autoaceitação e equilíbrio emocional.


Resultados e Impacto

Essas intervenções específicas têm demonstrado ser altamente eficazes na promoção do bem-estar psicológico dos meus clientes, permitindo-lhes não apenas lidar melhor com os desafios do dia a dia, ma



s também desenvolver uma maior satisfação e sentido em suas vidas.


Impacto do Mindfulness na Prática Psicoterapêutica

O impacto do mindfulness na prática psicoterapêutica é significativo, conforme evidências disponíveis e minha experiência clínica. Sua integração oferece aos clientes não apenas ferramentas para enfrentar desafios diários, mas também promove uma maior satisfação e sentido em suas vidas, contribuindo assim para o bem-estar psicológico.


Texto por Gina M. G. Sommerfeld

Psicóloga Clínica CRP 05/32130

Terapeuta Integrativa CRTH-BR 0134/2008 ABRATH

5 visualizações0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo

Comments


bottom of page