• Espaço Psiquismo

Processo Seletivo - A pergunta certa para a pessoa certa

No processo seletivo fala-se muito em colocar a pessoa certa no lugar certo. É sabido que todo processo seletivo apresenta um grande desafio na compreensão das características de um candidato. O currículo é parte importante nisso, mas outras informações ajudam a aumentar essa compreensão.


O mapeamento de perfil comportamental é uma importante ferramenta, que detalha as principais características de comportamento do candidato.


A partir da avaliação positiva do currículo e do mapeamento de perfil, pode-se marcar uma entrevista, fase que detalhará mais informações sobre as habilidades técnicas, mas também sobre as habilidades comportamentais do candidato.


Perguntas adequadas para cada perfil auxiliarão ainda mais na compreensão do comportamento dos candidatos.


Uma das teorias mais conhecidas mundialmente na identificação de perfil comportamental é o DISC, que classifica o comportamento humano em 4 quadrantes principais, assim definidos: D (dominância), I (Influência), S (eStabilidade) e C (Conformidade).

Ao compreender o perfil comportamental do candidato, pode-se adaptar as perguntas para maior adequação ao perfil específico do candidato, o que ajudará a obter informações e insights necessários para encontrar a melhor pessoa para cada posição.

Executores normalmente são determinados e autossuficientes. Eles podem ter uma tendência a ser excessivamente assertivos as vezes, mas são hábeis no estabelecimento e cumprimento de metas. Tendem a ser mais motivados por questões pessoais e realizações profissionais.


Executores são confiantes e ambiciosos. Devem ser perguntados sobre questões que ofereçam chance de mostrar suas habilidades de produtividade e eficiência, entender como eles podem lidar com situações delicadas e discutir sua experiência e objetivos de carreira.

Perguntas ao Executor:

• FORÇA: Conte-me sobre uma ocasião em que você encarou um problema e o assumiu sozinho para resolver, em vez de esperar que outra pessoa o fizesse.

• DESAFIO: Descreva uma vez em que gostaria de ter tratado um problema de forma diferente com um colega. Qual foi o problema inicial e como você lidou com a situação?

• MOTIVAÇÃO: Qual é a sua realização profissional de maior orgulho? O que significou para você quando atingiu a meta?

Comunicadores costumam ser inovadores e apresentam um pensamento fora da caixa, tendo muita facilidade em apresentar novas ideias. Podem ter dificuldade em se concentrar em uma tarefa muito detalhada ou comunicar-se apenas por meio da escrita, pois tendem a ser mais motivados pelo trabalho que lhes permite ser criativos e construir relacionamentos com outras pessoas. É importante fazer perguntas enérgicas e criativas, que permita aos comunicadores discutir sua criatividade, desafiando-os a compartilhar sobre a necessidade de se comunicar de forma diferente e incentivando a expressar suas paixões.

Perguntas para o Comunicador:

• FORÇA: Descreva uma ocasião em que você teve que descobrir novas maneiras de resolver um problema.

• DESAFIO: Conte-me sobre uma ocasião em que você teve que transmitir suas ideias para sua equipe por meio de comunicação escrita.

• MOTIVAÇÃO: Dê-me um exemplo de uma vez em que você foi capaz de ser criativo com seu trabalho. O que foi mais emocionante e difícil nisso?


Planejadores tendem a ser naturalmente habilidosos para resolver um problema com paciência e manter a tranquilidade. Eles podem ter dificuldade em discutir conflitos pessoais com as pessoas ao seu redor, mas provavelmente responderão bem se os outros puderem resolver um problema interpessoal de maneira afetuosa e empática. Eles tendem a ser mais motivados pela apreciação e lealdade demonstrada por aqueles ao seu redor. Faça perguntas de apoio e empatia ao Planejador, que lhes permitam demonstrar paciência. Desafie-os a discutir conflitos e os motive a refletir sobre um momento em que se sentiram valorizados.

Perguntas para o Planejador:

• FORÇA: Descreva uma ocasião em que você teve que explicar pacientemente algo bastante complexo para outra pessoa.

• DESAFIO: Conte-me sobre uma ocasião em que você enfrentou um conflito enquanto trabalhava em uma equipe. Como você lidou com isso?

• MOTIVAÇÃO: Dê-me um exemplo de uma ocasião em que você se sentiu valorizado por algo que fez bem.

Analistas normalmente apresentam habilidade para construir processos fortes e eficazes para fazer as coisas funcionarem com mais suavidade. Eles podem não responder bem às mudanças, pois preferem trabalhar em um ambiente consistente e estável. Eles tendem a ser motivados a trabalhar de forma independente e gastar seu tempo para tomar as decisões mais bem pensadas. Analistas são racionais e reservados. Eles devem receber perguntas que lhes permitam discutir sua atenção natural à ordem e aos detalhes e incentivá-los a compartilhar mais sobre o que os motiva no trabalho.

Perguntas para o Analista:

• Força: Descreva uma ocasião em que você ajudou a estabelecer um processo necessário para outros seguirem. Como você acha que isso impactou o fluxo de trabalho da equipe?

• Desafio: Dê-me um exemplo de uma época em que você experimentou muitas mudanças no trabalho. Como isso impactou você e como você se adaptou?

• Motivação: Conte-me sobre uma ocasião em que você teve tempo suficiente para realização de um projeto de sucesso. O que você conseguiu realizar nesse tempo?

Ao fazer as perguntas certas na entrevista comportamental, pode-se garantir respostas que oferecerão maior visão sobre os pontos fortes e pontos a desenvolver de cada candidato, tão essenciais ao escolher a pessoa certa para o trabalho.

Para identificar o perfil comportamental dos candidatos o Espaço Psiquismo pode ajudar, habilitando você e sua empresa ao uso do Profiler, a principal plataforma de mapeamento de perfil comportamental do mercado!


Somos Gold Partner da Solides, já formamos centenas de alunos em Análise de Perfil Comportamental. Temos as credenciais para ajudar você e sua empresa nessa caminhada.


Se interessou? Fale conosco!

Rafael Sommerfeld

Mentor em Gestão Comportamental

www.psiquismo.com.br

6 visualizações0 comentário